O Atlético foi até a Bahia para enfrentar o Vitória e venceu o clube de Salvador dentro do Barradão por 2 a 0. O resultado fez o Rubro Negro entrar no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro de forma definitiva. O próximo confronto do Furacão é contra o Guarani, dentro de casa.

Chances para os dois lados no primeiro tempo

O Atlético tomou um susto logo aos 14 minutos da primeira etapa. Em bola trabalhada, Élton girou da entrada da área e bateu forte e o goleiro Weverton errou, deu rebote para Willie que meteu para o gol, mas o bandeira acertou ao marcar o impedimento.

O Furacão também teve uma boa chance de abrir o placar no primeiro tempo do jogo. Em cobrança de falta ensaiada, o meia Elias soltou uma pancada na trave que assustou o goleiro Deola.

Ainda aos 41, Cléberson chegou perto da fazer o primeiro gol do jogo, novamente para o Atlético. Elias recolheu a bola pela esquerda e cruzou na cabeça do zagueiro que tocou no canto, obrigando Deola a fazer uma ótima defesa.

Furacão domina e garante vaga no G4 com vitória

O Atlético voltou com a mesma formação, mas a conversa do intervalo parece ter ajudado todos os jogadores, que voltaram com uma motivação bem maior.

Aos 2 minutos do segundo tempo, Henrique puxou contra-ataque rápido pela esquerda e tocou para Elias, o camisa 10 driblou dois marcadores, invade a área e bateu cruzado, no canto de Deola, abrindo o placar no Barradão.

O Furacão, para mostrar que estava bem melhor em campo, marcou o segundo para matar de uma vez o jogo. Elias deu lindo passe para Marcelo, que invadiu a área, foi até a linha de fundo e cruzou para Marcão acabar com o jogo.

Com o resultado, o Furacão entrou no G4 do Campeonato Brasileiro da Série B de forma definitiva, com 58 pontos, um ponto a frente do São Caetano. Na terça-feira (23), o Atlético enfrenta o Guarani no Janguito Malucelli.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 0 X 2 ATLÉTICO

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA).
Data: 20 de outubro de 2012, sábado.
Horário: 16h00.

Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RJ).
Assistentes: Clériston Clay Barreto (SE) e Pablo Almeida da Costa (MG).

Vitória:Deola; Nino Paraíba, Gabriel, Josué e Gilson; Uellinton (Tartá), Michel (Eduardo Ramos), Pedro Ken e Marquinhos; Willie (William Batoré) e Elton.
Técnico: Paulo César Carpeggiani.

Atlético:Weverton; Maranhão, Manoel, Cleberson e Pedro Botelho; Deivid, João Paulo, Henrique e Elias (Derley); Marcelo (Wellington Saci) e Marcão.
Técnico: Ricardo Drubscky.

Cartões amarelos: Maranhão, Marcelo,Pedro Botelho e Weverton (CAP); Michel e William Batoré (VIT).
Cartões vermelhos: Pedro Botelho (CAP).
Gols: Elias (CAP), aos 2 minutos e Marcão (CAP), aos 17 minutos do segundo tempo.