Por Pedro Melo com informações de Felipe Dutra

Pablo deve permanecer como referência no ataque do Atlético. (Divulgação/Atlético)

O Atlético enfrenta o San Lorenzo nesta quarta-feira (15), em Buenos Aires, com a missão de não deixar os adversários escaparem dentro do grupo. Para isso, o técnico Paulo Autuori já admitiu que um empate não seria um mau resultado, mas destacou que o mais importante é ter uma equipe competitiva.

“Uma vitória não é nada. Temos que ser uma equipe consistente durante toda a temporada. Não adianta fazer um bom jogo e depois vacilar. Queremos uma equipe com um nível competitivo que possa jogar as competições da melhor maneira possível”, comentou Autuori.

Porém, o treinador não se desespera caso não consiga o resultado positivo e ressaltou que a fase de grupos só é decidida nas últimas três rodadas. “Nunca se decide no primeiro turno. Temos que analisar os dois lados e não adianta colocar uma coisa como se fosse decisiva. Se ganharmos o jogo, não vai decidir nada, mas claro que vai dar motivação. Queremos ser uma equipe de futebol em todas as circunstâncias e não apenas em alguns momentos”, declarou.

Em relação ao time, o atacante Grafite, que cumpriu suspensão na rodada anterior, deve começar no banco de reservas e a principal novidade é a entrada de Matheus Rossetto no lugar de Carlos Alberto, lesionado. A provável escalação atleticana tem Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Matheus Rossetto e Lucho González; Felipe Gedoz, Nikão e Pablo.

San Lorenzo foi goleado pelo Flamengo na estreia

O começo da Libertadores não foi da forma que o San Lorenzo esperava com a goleada sofrida por 4 a 0 para o Flamengo, mas o time argentino se recuperou no final de semana com a vitória sobre o Belgrano no Campeonato Argentino. Precisando da vitória, o técnico Diego Aguirre considera a partida como uma “final”. “A partida contra o [Atlético] Paranaense é tremendamente importante. É uma partida vital e que temos que encarar como uma final”, disse.

FICHA TÉCNICA
SAN LORENZO X ATLÉTICO

Local: Estádio Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires (ARG).
Data: 15 de março de 2017.
Horário: 19h30.
Árbitro: Roddy Zambrano Olmedo (EQU).
Assistentes: Christian Lescano (EQU) e Ricardo Baren (EQU).

San Lorenzo: Torrico; Paulo Díaz (Corujo), Angeleri, Coloccini (Caruzzo) e Montoya; Mussis, Belluschi, Néstor Ortigoza e Cerutti; Botta e Blandi.
Técnico: Diego Aguirre.

Atlético: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Matheus Rossetto e Lucho González; Felipe Gedoz, Nikão e Pablo (Grafite).
Técnico: Paulo Autuori.