Por João Pedro Alves

O elenco principal do Atlético fez uma pausa na preparação para a estreia na fase de grupos da Libertadores e na manhã desta terça-feira (11) visitou a Arena da Baixada. O avanço nas obras e a “cara de estádio” que a casa rubro-negra já apresenta animaram os atletas e comissão técnica. Em meio aos elogios, houve uma unanimidade entre os atleticanos: a ansiedade para que o Caldeirão seja reaberto logo.

(Foto: Divulgação/Atlético)

Rubro-negros fizeram um tour pela nova casa que está na fase final das obras (Foto: Divulgação/Atlético)

Um dos que não esconde a vontade de poder jogar na “nova Arena” é o zagueiro Manoel, atleta do atual plantel que mais atuou no estádio antes da reforma contabilizando 71 participações. “Estou muito feliz de ver a Arena como está. Será um caldeirão ainda maior, porque o estádio estará completo. Bate a ansiedade e não vejo a hora de fazer parte dessa história”, afirmou o capitão.

adrianofora

Recém-contratado, Adriano Imperador conheceu seu ‘novo coliseu’ (Foto: Divulgação/Atlético)

Depois de conhecer o novo gramado, arquibancada e vestiários da Baixada, o artilheiro Ederson reforçou o discurso do companheiro. A expectativa do atacante pelo fim das obras é ainda maior por nunca ter jogado profissionalmente no Joaquim Américo.

“Estou ansioso para jogar aqui e ver esse estádio sempre lotado, para levar o Atlético longe em todos os campeonatos”, destacou Ederson. “Vimos a diferença da última visita (em abril de 2013). Dá uma expectativa muito boa para jogar na Arena, que está muito bonita e vai ficar ainda melhor quando terminar”, cravou.

As obras da Arena da Baixada já ultrapassaram os 90% de conclusão, mas ainda não há previsão de quando estará totalmente finalizada. No próximo dia 18 uma comitiva da Fifa fará uma vistoria no local para avaliar se há ou não condições de que o estádio receba os quatro jogos previstos da Copa do Mundo (Irã x Nigéria, Honduras x Equador, Austrália x Espanha e Argélia x Rússia).

A estreia do Atlético em sua “nova” casa está prevista para acontecer apenas depois do Mundial.