Com apenas 20 anos de idade, o atacante Edigar Junio vive a expectativa de ser titular da equipe profissional do Atlético pela segunda vez em sua carreira. A primeira vez que ele começou jogando foi na derrota por 1 a 0 para o Internacional, no dia 06 de julho. E nesta quarta-feira, com a lesão no pé de Santiago García, é Edigar Junio o mais cotado para enfrentar o Cruzeiro, a partir das 19h30, na Arena da Baixada.

Revelado nas categorias de base do Furacão, o atacante já disputou seis partidas pelo time principal e marcou dois gols, logo caindo nas graças da torcida rubro-negra, vivendo a expectativa de ser titular na partida de hoje.”Quando entrar tem que mostrar serviço, porque você não pode desperdiçar a oportunidade quando ela aparece”, resumiu Edigar Junio, que deve atuar ao lado de Madson.

Como de costume, o técnico Renato Gaúcho só vai confirmar a escalação do Atlético momentos antes do início da partida, mas deve promover as voltas de Kléberson e Cléber Santana (suspensos na última rodada). Os dois devem ficar com as vagas de Fransérgio e Robston. Além, é claro, da entrada de Edigar Junio no lugar de Santiago García, que está com dores no pé, mas nada foi confirmado por Renato Gaúcho.

“O Edigar faz parte do grupo do Atlético. Ele tem tido oportunidade, é um garoto inteligente, que se dedica muito. É isso que eu quero de todo o grupo do Atlético, muita dedicação e entrega. E o Edigar tem provado isso”, despistou o comandante rubro-negro, que deve mandar à campo Renan Rocha; Edílson, Manoel, Fabrício e Paulinho; Deivid, Kléberson, Cléber Santana e Marcinho; Madson e Edigar Junio.