Depois de acertar seu retorno ao Atlético, na noite de ontem, o técnico Antônio Lopes já seguiu para Porto Alegre, onde se encontra com os jogadores e comanda seu primeiro treinamento já nesta sexta-feira. A reestreia do treinador será na partida deste domingo, contra o Grêmio, a partir das 16h, no estádio Olímpico.

No mesmo dia em que Renato Gaúcho pediu demissão do Furacão, a diretoria trabalhou rápido e já anunciou o nome do novo comandante da equipe. Por volta de 23h desta quinta-feira, o diretor de futebol, Alfredo Ibiapina, chegou a um acordo com Antônio Lopes.”Nós acertamos ontem à noite. O Alfredo me ligou por volta de 22h, conversamos bastante e chegamos a um denominador comum. Nós temos uma tarefa muito difícil, o Atlético é o penúltimo colocado e temos 18 jogos pela frente”, disse o treinador, em entrevista à rádio Banda B.

Ciente da situação ruim que o Atlético vive no Campeonato Brasileiro, Lopes já fez as contas para livrar a equipe do rebaixamento.”Vamos disputar 54 pontos e precisamos de um aproveitamento de pelo menos 50%, para chegar aos 45 pontos que é o ideal para se livrar do rebaixamento. A campanha tem que ser essa, vamos trabalhar em busca de mais 27 pontos. Hoje temos 18, com mais 27 chegamos aos 45 e acho que nos salvamos com tranquilidade. Vamos trabalhar em cima disso”, explicou.

Em sua quinta passagem pelo Atlético, o treinador disse que conhece muito bem o clube e não levará muito tempo para se adaptar, até porque já trabalhou com vários jogadores do elenco rubro-negro, comoo goleiro Renan Rocha, o zagueiro Manoel, o lateral direito Wagner Diniz, o lateral esquerdo Paulinho, os volantes Deivid e Kléberson e os meias Madson e Marcinho. Além disso, já trabalhou com o preparador físico Riva de Carli, também contratado ontem pelo Furacão.

“Eu conheço quase todo o grupo do Atlético, conheço o ambiente do clube, o Riva vai trabalhar comigo de novo. Vamos começar trabalhando já neste jogo contra o Grêmio e vamos trabalhar bastante a parte emocional do grupo e mostrar que o grupo é bom e tem condições de se reerguer”, disse o treinador, confiante em um bom trabalho à frente do Atlético.”Ainda quero ver também como está a parte física dos jogadores, mas sei que o Riva vai por o grupo pra correr. E vamos fazer de tudo para tirar o Atlético dessa situação”, completou Antônio Lopes.

Aos 70 anos, Lopes volta ao Atlético com a mesma missão de 2009: livrar o time do rebaixamento. Naquele ano, o treinador conseguiu tirar o Furacão da zona da degola com uma rodada de antecedência. Em 2011, assume a equipe na 19ª colocação, com apenas 18 pontos.