O atacante Nieto foi poupado dos treinos de ontem e hoje do Atlético por conta de dores musculares e virou dúvida para a partida desta quarta-feira, contra o Vasco, a partir das 20h30, na Arena da Baixada. Sem saber se poderá contar com o argentino, o técnico Antônio Lopes testou duas opções para o ataque rubro-negro: Santiago García e Adaílton.

De certo, apenas que Guerrón será titular depois de alguns dias servindo a Seleção Equatoriana. Na zaga, jogam Gustavo e Rafael Santos, já que os titulares Manoel e Fabrício estão suspensos. Lopes só vai confirmar a escalação do Atlético momentos antes do início do jogo de amanhã, mas deve mandar a campo Renan Rocha; Edílson, Gustavo, Rafael Santos e Héracles; Deivid, Renan, Paulo Baier e Marcinho; Guerrón e El Morro (Adaílton/Nieto).

Na 18ª colocação, a três pontos de deixar a zona de rebaixamento, o Atlético precisa vencer o vice-líder em casa para se manter vivo na luta contra o rebaixamento. Lopes revelou como está motivando o grupo de jogadores nesta reta final de campeonato e disse que está confiante na permanência do Furacão na Série A do ano que vem.

“Estamos trabalhando em cima de cada jogo. Estamos conversando bastante com os jogadores, falei pra eles que só depende da gente sair dessa. Não é impossível. Mostrei pra nossa equipe os outros sete times que estão lutando contra o rebaixamento. Estamos a três pontos de deixar a zona de rebaixamento. Nós temos a melhor tabela e o melhor time entre os que estão lá embaixo, mas temos que fazer a nossa parte, vencer em casa e pontuar fora. Assim ficaremos na Série A”, disse o comandante rubro-negro.