Após a ótima vitória contra o São Caetano, candidato direto ao acesso, no último sábado (03), no Anacleto Campanella, o Atlético já foca suas forças para o duelo desta terça-feira (06), contra o América-RN, em casa.

O treinador do Furacão, Ricardo Drubscky, garante que não pensa no número mágico deste ano de 2012, que seria 68 pontos para subir, e sim no jogo-a-jogo. “Continuo me preocupando sempre no próximo adversário e a matemática que me interessa são os próximos três pontos”, garantiu.

Amanhã, contra o América-RN, no Janguito Malucelli, o comandante Rubro-Negro promete uma equipe ofensiva. “Somos um time que controla o jogo e é ofensivo. Amanhã vamos buscar impor nosso ritmo, com a preocupação de estarmos na reta final”, disse.

Contando com a possibilidade da volta do zagueiro Cleberson, Drubscky admitiu que ele irá ser titular caso esteja liberado. “Treinou junto com todos hoje, mas vamos esperar a noite para ele dar o seu ‘ok’ que está pronto. Minha única dúvida é entre ele e o Luiz Alberto. Caso o Cleberson tenha condições, vai jogar, é uma questão de coerência”, finalizou.