Rafael Nadal venceu com tranquilidade na estreia em Acapulco (Divulgação/ATP)

O espanhol Rafael Nadal venceu sem sustos o seu primeiro jogo após o vice-campeonato do Aberto da Austrália. Na noite de terça-feira (28), o número 6 do mundo avançou na sua estreia no Torneio de Acapulco, ATP 500 mexicano disputado em quadras duras, ao superar o alemão Mischa Zverev, 30º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3, em 1 hora e 17 minutos.

Esta foi a segunda vitória de Nadal em dois duelos com Zverev, sendo que o encontro anterior ocorreu no início desta temporada, em Brisbane. Na última noite, o espanhol conseguiu uma quebra de serviço em cada parcial e salvou o único break point do alemão na partida. O próximo adversário de Nadal vai ser o italiano Paolo Lorenzi, número 38 do mundo, diante de quem lidera o confronto direto por 3 a 0.

O argentino Juan Martin del Potro (32º) avançou na sua estreia ao vencer o norte-americano Frances Tiafoe (89º), de virada, por 3/6, 6/2 e 6/1, e agora fará um esperado duelo com o sérvio Novak Djokovic, que lidera o confronto direto por 11 a 4, mas foi batido pelo sul-americano na sua estreia nos Jogos Olímpicos do Rio.

O austríaco Dominic Thiem, número 9 do mundo, estreou em Acapulco com vitória sobre o francês Gilles Simon, 25º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (9/7) e 6/3, e vai duelar nas oitavas de final com Adrian Mannarino, também da França.

Número 17 do mundo, o australiano Nick Kyrgios superou o israelense Dudi Sela, 75º colocado no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/3 e 6/3, e agora vai encarar Donald Young, dos Estados Unidos.

Campeão no último fim de semana do Torneio de Delray Beach, o norte-americano Jack Sock, o número 18 do mundo, caiu na sua estreia ao perder do japonês Yoshihito Nishioka (86º) por 3/6, 6/2 e 6/1, que agora duelará com o australiano Jordan Thompson.

BRUNO SOARES AVANÇA – Pela chave de duplas do evento mexicano, o brasileiro Bruno Soares e o britânico Andy Murray estrearam com vitória sobre os croatas Marin Cilic e Nikola Mektic por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 2/6 e 10/8, em 1 hora e 18 minutos, avançando às quartas de final.