Londrina é o segundo paranaense a conquistar vaga na Superliga. (Thiago Paes/FPV)

O Londrina confirmou o favoritismo, está na grande final da Superliga B e também conquistou a vaga na elite do voleibol feminino. A equipe paranaense manteve o 100% de aproveitamento ao derrotar Osasco por 3 sets a 0, com parciais de 25-13, 25-20 e 25-23.

Durante a semana da segunda partida da semifinal, o Londrina perdeu o técnico Rogério Portela que deixou o cargo por divergências com o restante da comissão. A então assistente Ivomary Ramos assumiu o comando na partida que garantiu a vaga na Superliga.

“É a coroação do trabalho que estamos fazendo desde outubro. Essa vitória é especial para mim pois sou de Londrina. O trabalho foi feito com muita seriedade e comprometimento. A cidade também merecia ter uma equipe novamente disputando a elite do voleibol brasileiro”, disse Ivomary, em entrevista ao site da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

Com a vaga do Londrina, o estado do Paraná terá dois representantes na próxima Superliga Feminina. Na última quinta-feira (29), o Curitiba Vôlei também se classificou ao eliminar São José dos Pinhais na outra semifinal. A última vez que dois times paranaenses disputaram a elite foi na temporada 1999-2000, com Rexona, Grêmio Londrina e Cascavel.

Além da vaga na Superliga, Curitiba Vôlei e Londrina decidem o título da Superliga B. A final será disputada no dia 09 de abril, às 19h30, no ginásio do Moringão, no interior paranaense.