Michel Macedo foi eliminado logo na primeira descida. (Reprodução/Twitter/Time Brasil)

O brasileiro Michel Macedo não conseguiu concluir a disputa do slalom especial nos Jogos de Inverno de Pyeongnchang. Nesta quinta-feira, ele acabou sendo eliminado logo na primeira descida da pista de Yongpyong, encerrando a sua participação na Olimpíada.

A prova teve alto grau de dificuldade e diversas quedas, com apenas 43 dos 106 esquiadores inscritos conseguindo concluí-la. O brasileiro acabou sendo eliminado por ter perdido uma das passagens obrigatórias no terço final da primeira descida. Favoritos ao ouro, o austríaco Marcel Hischer e o norueguês Henrik Kristoffersen também não conseguiram completar a competição.

“Eu estava preparado, me sentindo muito bem e confiante. Os últimos dias de treino foram muito bons, meu joelho melhorou, consegui fazer boas descidas no treino. Estava mandando ver, achei que estava esquiando bem. Tentei acelerar um pouco no final para fazer um bom tempo, mas acabei perdendo uma porta”, afirmou o brasileiro, de apenas 19 anos.

A disputa acabou sendo vencida pelo sueco André Myherer, com o tempo de 1min38s99. O suíço Ramon Zenhaeusern foi o segundo colocado, com 1min39s33, enquanto o austríaco Michael Matt completou o pódio, com 1min39s66.

Macedo sofreu lesão no joelho esquerdo durante um treinamento para os Jogos de Pyeongchang, o que o forçou a desistir de participar das provas de combinado e do Super G. O brasileiro conseguiu competir no slalom gigante, mas também não o completou, assim como aconteceu nesta quinta no slalom especial. E o brasileiro admitiu que esperava deixar Pyeongchang com resultados melhores.

“Eu aprendi muito aqui, mas infelizmente não foi como eu queria. Tive que superar muita coisa para competir. Cai no meu terceiro dia em PyeongChang e machuquei o joelho. Tive que lutar contra isso o tempo todo”, dissee Macedo “Foi difícil, mas eu acho que não tem o melhor jeito de aprender do que começando pelo mais difícil. É a melhor forma de evoluir”, completou.