Tite anunciará a lista de convocados nesta segunda-feira (Lucas Figueiredo/CBF)
O técnico Tite faz nesta segunda-feira (12) a última convocação antes de anunciar a lista dos 23 jogadores que irão representar o Brasil na Copa do Mundo. O treinador já avisou que o grupo que será levado para os amistosos diante de Rússia e Alemanha este mês deverá ter poucas novidades, já que pelo menos 16 jogadores estão garantidos no Mundial. Dentre as vagas remanescentes, Tite busca um “ritmista” para o meio campo – e cinco jogadores surgem como opção.

Dentre os nomes estão atletas que Tite comandou em seus clubes e outros que ele já treinou na própria seleção, mas que foram irregulares nos últimos 20 meses. Lucas Lima é um deles. O meia se fortaleceu no radar da seleção brasileira pelo começo positivo no Palmeiras. A motivação dele para essa candidatura à Copa foi, inicialmente, o objetivo de convencer a torcida do novo clube. O ex-santista vinha de um histórico de provocações ao time alviverde e, desde o começo do ano, procurou mostrar serviço. O empenho tem dado certo. Lucas Lima é o líder de assistências do Palmeiras no ano, com quatro.

Durante a negociação para reforçar o Palmeiras, o estafe do meia avaliou com atenção o quanto a transferência ajudaria o jogador a voltar à seleção. “É um ano de Copa e eu creio que o Palmeiras me deixa mais perto disso”, disse o jogador.

O meia já foi convocado por Tite nas Eliminatórias da Copa do Mundo e pode ter como ponto favorável o fato de o clube atuar em um esquema tático igual ao da seleção. No 4-1-4-1 de Roger Machado, Lucas Lima tem se mostrado ativo para ajudar à marcação, assim como para municiar o ataque.

No rival do Palmeiras, o conhecimento do técnico da seleção sobre os jogadores com quem trabalhou no passado pode ajudar. O meia Jadson foi fundamental na equipe dirigida por Tite que ganhou o Campeonato Brasileiro de 2015 e neste ano é um dos líderes de assistências, com três.

“O Tite está fazendo um ótimo trabalho e sei que uma possível convocação vai depender muito do momento do Corinthians e de como eu estarei jogando. Futebol vale muito o momento e sei que o Tite vai levar isso em consideração”, disse o jogador ao Estado.

O colega dele de time, Rodriguinho, é outro fortemente cotado. O meia é o artilheiro do Corinthians na temporada, com quatro gols Além disso, a relação com Tite é boa, pois graças ao treinador o jogador ganhou confiança e se transformou de aposta em um dos atletas principais do clube.

“Disputar uma Copa seria algo incrível e é claro que eu sonho com isso, mas sei também que preciso estar bem no Corinthians para poder ser lembrado pelo Tite. Então, tenho que focar no meu trabalho aqui no clube”, comentou Rodriguinho.

O técnico também gosta muito de Diego, do Flamengo. O meia ainda não teve chance para mostrar serviço. Na última rodada das Eliminatórias, por exemplo, foi cortado horas depois de se apresentar devido a uma lesão na coxa.

Diego não esconde a ansiedade. “Minha primeira convocação foi com 17 anos. De lá para cá, sempre sonho em disputar uma Copa. Tenho vivido essa possibilidade. Acredito muito”, disse o meia de 33 anos ao SporTV. “Ser convocado é uma motivação extra. Não tem um dia que não penso na seleção.”

Outro jogador por quem Tite nutre admiração desde os tempos do Internacional é Giuliano, atualmente no Fenerbahçe. O jogador vive bom momento na Turquia, mas ficou fora da última rodada das Eliminatórias. Porém voltou à lista nos amistosos em novembro. “É uma vaga muito concorrida, cada um buscando seu espaço. São grandes jogadores brigando por essas posições”, disse, na ocasião.