Tite aguarda as condições de jogo de cinco titulares. (Lucas Figueiredo/CBF)
Os problemas físicos envolvendo diversos jogadores da seleção brasileira levaram a comissão técnica de Tite a adiar a convocação da equipe para os últimos amistosos antes da definição da relação de jogadores que vai participar da Copa do Mundo. Nesta terça-feira, a CBF comunicou que a divulgação da relação de atletas para os jogos contra Rússia e Alemanha ocorrerá apenas em 12 de março.

Inicialmente, essa convocação estava agendada para a próxima sexta-feira. O adiamento, portanto, foi de dez dias. “Temos uma situação diferente de outras convocações. São pelo menos cinco jogadores que necessitam de uma observação médica e física mais elaborada, para que possamos convocar embasados e com as informações necessárias”, afirmou Edu Gaspar, coordenador de seleções, ao site oficial da CBF.

O último fim de semana acabou ficando marcado por várias lesões de jogadores da seleção. A maior preocupação envolve Neymar que teve uma fissura no quinto metatarso do pé direito em partida contra o Olympique de Marselha, um problema de pode levá-lo a ser operado, situação que ainda não foi confirmada pelo Paris Saint-Germain.

Companheiro de clube de Neymar, o zagueiro Marquinhos sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda, leve, no compromisso do PSG. Além disso, o volante Fernandinho sofreu lesão no mesmo local que o zagueiro durante a decisão da Copa da Liga Inglesa entre o Manchester City e o Arsenal.

Mas a preocupação da comissão não está relacionada apenas a ele,s pois outros jogadores estão longe da melhor forma física ou em recuperação de lesões. É o caso do lateral-esquerdo Marcelo, que faz tratamento para se livrar de uma recente lesão na coxa direita. O zagueiro Miranda até se recuperou de lesão muscular na perna esquerda, mas ainda não voltou a jogar pela Inter de Milão. E o atacante Gabriel Jesus disputou no domingo, contra o Arsenal, o seu primeiro jogo pelo Manchester City após se recuperar de contusão sofrida no fim de 2017.

Assim, como explicou Edu, esse adiamento da convocação, dará mais tempo para a comissão técnica dirigida por Tite avaliar a situação dos jogadores, definindo com mais clareza se eles poderão ser aproveitados nos amistosos da seleção brasileira contra Alemanha e Rússia, nos dias 23 e 27 de março, respectivamente.

“Transferindo a data iremos ganhar de dois a três jogos de cada atleta observado para nossa avaliação. Como sempre, buscaremos o máximo de informações possíveis para uma convocação sem grandes problemas”, comentou.