Ismaily foi convocado pela primeira vez para a seleção. (Divulgação/Shakthar Donetsk)

O lateral-esquerdo Ismaily, 28 anos, do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, foi convocado nesta terça-feira para a seleção brasileira para os amistosos contra Rússia, sexta-feira, e Alemanha, no dia 27. Ismaily assume a vaga de Alex Sandro, cortado por causa de uma lesão muscular na coxa direita.

O jogador da Juventus queixou-se de um desconforto após o primeiro treino da seleção, em Moscou, na segunda-feira, e não participou da atividade desta terça-feira. Acompanhado do médico da seleção, Rodrigo Lasmar, ele foi submetido a exames que constataram lesão muscular na coxa direita.

Alex Sandro havia sido convocado na última sexta-feira após o corte de Filipe Luís, do Atlético de Madrid, que fraturou a fíbula da perna esquerda em partida da Liga Europa contra o Lokomotiv, em Moscou.

Ismaily vinha sendo acompanhado pelo técnico Tite e pelo coordenador Edu Gaspar desde o ano passado. Em dezembro, por exemplo, eles observaram in loco o lateral-esquerdo. Em fevereiro deste ano, os analistas da seleção Fernando Lázaro e Matheus Bachi assistiram ao jogador atuando pelo Shakhtar Donetsk.

O novo convocado de Tite nasceu em Ivinhema, Mato Grosso do Sul. Começou a carreira como atacante no Ivinhema Futebol Clube e depois foi contratado pelo Desportivo Brasil. Jogou ainda no São Bento e foi para o Estoril, de Portugal, em 2009. No futebol português também defendeu Olhanense e Braga. Está no Shakhtar Donetsk desde 2013, onde conquistou três Campeonatos Ucranianos.

TREINO – Na atividade realizada no CT do Spartak de Moscou nesta terça-feira, Tite não deu pistas do time que enfrentará a Rússia, na sexta-feira, no estádio Luzhniki. A atividade de quarta-feira será fechada à imprensa e somente ma véspera do jogo é que o treinador deve indicar os 11 escolhidos. A provável escalação da seleção terá: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Coutinho; Willian, Douglas Costa e Gabriel Jesus.