Por Pedro Melo 

Chester Williams foi o único negro campeão de Rugby pela África do Sul. (Pedro Melo/Banda B)

Chester Williams foi o único negro campeão de Rugby pela África do Sul. (Pedro Melo/Banda B)

Um dos nomes mais aguardados durante o revezamento da tocha olímpica em Curitiba foi o do sul-africano Chester Williams. Para quem não o conhece, o ex-jogador foi campeão mundial de rugby pela África do Sul, em 1995, e virou símbolo da luta contra a segregação racial em seu país.

Chester Williams era o 138º condutor na tocha olímpica e aguardou com muita alegria até chegar sua vez. De dentro do ônibus oficial do evento, o sul-africano já esbanjava muita simpatia com as pessoas que estavam do lado de fora e em rápido contato mostrou toda a sua felicidade com o momento.

No momento que já estava posicionado aguardando o seu momento de carregar a tocha, Williams foi simpático com outros fãs que o tietavam o tempo todo. Quando chegou a vez do sul-africano, os funcionários da Rio 2016, sabedores de toda a sua história, deram muitos aplausos juntamente com o público presente.

Momento em que Williams passa a conduzir a tocha. (Colaboração/Giulianna Romanelli)

Momento em que Williams passa a conduzir a tocha. (Colaboração/Giulianna Romanelli)

“Estou muito orgulhoso por ter conduzido a tocha. O sentimento é parecido com a conquista da Copa do Mundo. É minha segunda vez aqui e estou gostando muito, principalmente das pessoas, que são muito simpáticas”, afirmou Williams, em entrevista ao site do Rio 2016.

A história de Chester Williams

O título da Copa do Mundo de Rugby, em 1995, foi um marco na história da África do Sul, que tinha se livrado do regime do apartheid há pouco tempo. Chester Williams era o único jogador negro daquela equipe, fato que o tornou símbolo na luta pelo fim da segregação racial.

“Quando Mandela me apoiou para que eu entrasse no time, isso ajudou para que a equipe jogasse unido também. Mostramos que não éramos mais divididos entre brancos e negros e o país mudou para melhor”, contou o ex-jogador.