Por Pedro Melo

Federer disputaria as chaves de simples, duplas e duplas mistas na Olimpíada. (AELTC/Florian Eisele)

Federer disputaria as chaves de simples, duplas e duplas mistas na Olimpíada. (AELTC/Florian Eisele)

Os Jogos Olímpicos sofreram uma baixa irreparável a poucos dias de seu início. O tenista suíço Roger Federer anunciou através de suas redes sociais que não virá para o Rio de Janeiro para buscar o ouro inédito no torneio de simples e só volta para as quadras no início do ano que vem.

“Estou muito desapontado em anunciar que não estarei apto para representar a Suíça nos Jogos Olímpicos do Rio e eu ainda perderei o resto da temporada. Considerando todas as opções após consultar meus médicos e minha equipe, eu também a difícil decisão de encerrar a minha temporada de 2006 já que precisa de grande reabilitação após realizar minha cirurgia no joelho”, esclareceu em Federer em trecho da nota publicada.

O tenista ainda comentou que a decisão foi tomada pensando em seguir no circuito da ATP por alguns anos. “Os médicos avisaram que se eu quiser continuar jogando o circuito por mais alguns anos, como eu pretendo, devo dar ao meu joelho e ao meu corpo o tempo adequado para se recuperar totalmente”, continuou.

Logo após a disputa do Australian Open, o suíço passou por uma cirurgia no joelho esquerdo e ficou de fora das quadras por quase três meses. Na volta disputou apenas dois torneios antes de anunciar sua ausência também de Roland Garros. Seus melhores resultados na temporada foram a final do ATP 250 de Brisbane e as semifinais do Australian Open e Wimbledon.

Além da chave de simples, Federer disputaria o torneio de duplas com Stan Wawrinka, com quem ganhou o ouro em Beijing 2008, e duplas mistas ao lado de Martina Hingis.