Por Pedro Melo

Brasil ainda não perdeu sets na competição. (Divulgação/CBV)

Brasil ainda não perdeu sets na competição. (Divulgação/CBV)

Assim como foi na estreia, a seleção feminina de vôlei não teve a menor dificuldade para vencer sua segunda partida nos Jogos Olímpicos. Contando com o apoio da torcida, que lotou o ginásio do Maracanãzinho, o Brasil derrotou a Argentina por 3 sets a 0, com parciais de 25-16, 25-19 e 25-

Nos dois primeiros sets, o técnico José Roberto Guimarães pouco modificou no sexteto titular para dar mais ritmo de jogo as atletas. Porém, na metade final da última parcial, algumas reservas tiveram chance para confirmar a vitória brasileira.

Dos 75 pontos marcados pela equipe brasileira, 44 foram marcados de ataque, enquanto, sete foram de bloqueio e seis de saque. Os outros 18 pontos vieram de erros da seleção argentina.

A central Juciely declarou que o Brasil precisa jogar focado o tempo todo independente do nível do adversário. “A gente tem que entrar independente do adversário imprimindo nosso ritmo olhando para frente em busca do tricampeonato olímpico”, comentou, em entrevista à ESPN Brasil.

O time brasileiro chega duas vitórias e tem a mesma campanha da Rússia em sua chave. A próxima partida será contra o Japão, que tem somente uma vitória e uma derrota, na próxima quarta-feira (10), às 22h35.