Por Esporte Banda B

Pelo ouro inédito. A seleção brasileira feminina de futebol entra em campo nesta quarta-feira (3) para abrir a Olimpíada para o país sede e buscar uma medalha que nunca veio para o país. Diante da China, a partir das 16h, a equipe inicia seu trajeto pela conquista inédita no Engenhão.

Seleção encara China na estreia. (Divulgação/ CBF)

Seleção encara China na estreia. (Divulgação/ CBF)

Sem nunca perder em uma estreia de Olimpíada, a seleção feminina, que disputou todas as edições dos Jogos desde que o futebol feminino entrou no programa, espera manter a escrita. O adversário, no entanto, já bateu o Brasil em Olimpíada. As chinesas levaram a melhor sobre as brasileiras em Atlanta 1996, pelo placar de 3 a 2, na semifinal.

Comandadas pelo técnico Vadão, Marta e companhia buscam a medalha inédita para coroar uma geração vencedora do futebol feminino brasileiro. Após duas pratas, em 2004 e 2008, e uma queda nas quartas em 2012, a equipe conta com o apoio da torcida para buscar o inédito ouro.

Um provável Brasil para encarar a China tem: Barbara; Fabiana, Rafaelle, Mônica, Tamires; Thaisa, Formiga, Andressa Alves e Marta; Cristiane e Beatriz.

Antes das brasileiras, Suécia e África do Sul se enfrentam pelo mesmo grupo, às 13h, também no Engenhão. Na Arena Corinthians, Canadá e Austrália jogam a partir das 15h. O dia do futebol feminino ainda terá Zimbábue x Alemanha, às 18h, Estados Unidos x Nova Zelândia, às 19h e França x Colômbia, às 22h.