Por Pedro Melo

Brasil ainda depende de si para avançar às quartas de final. (Divulgação/CBF)

Brasil ainda depende de si para avançar às quartas de final. (Divulgação/CBF)

180 minutos e nenhum gol. Esse é o desempenho da seleção masculina de futebol até o momento nos Jogos Olímpicos. Depois da estreia ruim, o Brasil mais uma vez teve um desempenho bem abaixo do esperado, ficou no empate em 0 a 0 com o Iraque, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, e foi vaiado pela torcida.

No outro jogo do grupo A, a Dinamarca derrotou a África do Sul por 1 a 0. Portanto, os dinamarqueses lideram o grupo com quatro pontos, Brasil e Iraque dividem a segunda posição com dois e os sul-africanos estão na lanterna com somente um.

O Brasil ainda depende apenas de si para avançar às quartas de final e precisa da vitória contra a Dinamarca na próxima quarta-feira (10), em Salvador. Um empate obriga os brasileiros a torcerem para tropeço do Iraque e uma derrota elimina a seleção.

O JOGO

Técnico Rogério Micale manteve a mesma escalação da estreia com uma equipe bastante ofensiva e o trio ofensivo formado por Gabriel Jesus, Neymar e Gabriel. Porém, o Iraque foi quem quase chegou ao primeiro gol aos 11 minutos. Após cobrança de lateral na área, o goleiro Weverton saiu mal do gol e Abdul-Raheem mandou na trave.

O Brasil passou a dominar a partida e chegou pela primeira vez com perigo aos 31 minutos em chute de Zeca. O trio de ataque brasileiro apareceu nos minutos finais e Neymar e Gabriel Jesus perderam boas oportunidades. Entretanto, o melhor momento brasileiro foi em chute de Renato Augusto que bateu no travessão.

Na volta do intervalo, Micale novamente tirou um meio-campista para colocar Luan. Não demorou muito tempo e Rafinha entrou na vaga de Gabriel Jesus, mas nenhuma das substituições feitas surtiram efeito. Já nos acréscimos, a seleção brasileira perdeu um gol incrível. Renato Augusto recebeu o passe dentro da área e, sem goleiro, mandou por cima do gol.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 0X0 IRAQUE

Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília (BRA).
Data: 07 de agosto de 2016.
Horário: 22h.
Árbitro: Ovidiu Hațegan (ROM)
Assistentes: Octavian Sovre (ROM) e Sebastian Gheorghe (ROM).

Brasil: Weverton; Zeca, Marquinhos, Rodrigo Caio e Douglas Santos (William); Thiago Maia; Felipe Anderson (Luan), Renato Augusto; Gabriel, Neymar e Gabriel Jesus (Rafinha).
Técnico: Rogério Micale.

Iraque: Hameed; Ibrahim, Nadhim, Suad Natiq, Alaa Ali, Ali Adnan, Ismael, Abdulhaheem (Ahmad), Attwan, Abdulraheem (Ahmad) e Kareem (Tariq).
Técnico: Abdul-Ghani Shadad.

Cartões amarelos: Thiago Maia, Douglas Santos e Rodrigo Caio (BRA); Hameed, Karrem, Adbulamir e Alaa Ali (IRQ).