Por Pedro Melo 

Calleri não conseguiu ajudar a Argentina na Olimpíada. (Divulgação/AFA)

Calleri não conseguiu ajudar a Argentina na Olimpíada. (Divulgação/AFA)

A Argentina não conseguiu passar da primeira fase no futebol masculino. Precisando vencer para se classificar, os argentinos perderam pênalti no segundo tempo e ficaram somente no empate em 1 a 1 com Honduras para delírio da torcida brasileira presente no estádio Mané Garrincha.

O time argentino terminou a primeira fase com quatro pontos, mesma pontuação de Honduras, mas com desvantagem no saldo de gols. Já a liderança da chave ficou com Portugal que foi à sete pontos depois de empatar também em 1 a 1 com Argélia.

Desde a preparação, a Argentina sofre com problemas extra-campo. O então técnico Gerardo Martino pediu demissão após chegar à oito meses de salários atrasados e encontrar muita dificuldades para fechar a lista de 18 jogadores.

A AFA confirmou que Julio Olarticoechea assumiria a equipe faltando pouco mais de um mês para o início da competição. Na lista, o novo treinador chamou o goleiro Rulli como jogador acima de 23 anos e os principais nomes eram os jovens Ángel Correa e Calleri.