A Copa do Mundo já conheceu 23 das 32 seleções classificadas para a Rússia no ano que vem. As últimas nove vagas serão disputadas apenas no mês de novembro com seis partidas de repescagem e mais a definição de três países africanos.

Confira a situação de cada região:

América do Sul – Brasil, Uruguai, Argentina e Colômbia classificados; Peru na repescagem

A última rodada das Eliminatórias na América do Sul foi disputada na noite de terça-feira (10) com uma rodada muito emocionante. O único classificado era o Brasil que encerrou sua participação com vitória por 3 a 0 sobre o Chile e ainda eliminou os atuais bicampeões da Copa América.

Já a Argentina, que corria risco de ficar de fora, contou com uma partida inspirada de Lionel Messi, autor dos três gols na vitória por 3 a 1 sobre o Equador. Peru e Colômbia ficaram no empate em 1 a 1, o que garantiu a vaga dos colombianos e levou os peruanos para a repescagem. O Uruguai derrotou a Bolívia por 4 a 2 e terminou na segunda colocação. E o Paraguai perdeu a chance de disputar a repescagem ao perder em casa por 1 a 0 para a lanterna Venezuela.

Europa – Rússia (país sede), Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Islândia, Polônia e Portugal classificados

As Eliminatórias na Europa também se encerraram na terça-feira com a definição dos últimos classificados. O grande destaque do último dia foi Portugal que derrotou a Suíça por 2 a 0 e levou a melhor no saldo de gols para ficar em primeiro lugar no Grupo B. Já a França fez o dever de casa, venceu Belarus por 2 a 1 e terminou na liderança do Grupo A.

Entre os nove classificados, a grande novidade é a Islândia que superou seleções tradicionais como Croácia, Ucrânia e Turquia e conquistou a vaga pela primeira vez na história. A Islândia será o país com a menor população a disputar um Mundial com 334 mil habitantes.

Repescagem – Croácia, Dinamarca, Itália, Suíça, Grécia, Irlanda, Irlanda do Norte e Suécia.

Os melhores segundos colocados na Europa vão disputar as últimas quatro vagas na Copa do Mundo. A divisão dos potes são Croácia, Dinamarca, Itália e Suíça no 1 e Grécia, Irlanda, Irlanda do Norte e Suécia no 2. O sorteio acontece no dia 17 de outubro e os jogos no mês de novembro.

Concacaf – Costa Rica, México e Panamá classificados; Honduras na repescagem

Com México e Costa Rica classificados com antecedência, a última rodada ficou marcada pela emoção de três seleções para ficar com a terceira vaga. Os Estados Unidos eram os favoritos, mas perderam fora de casa por 2 a 1 para Trinidad e Tobago. De favoritos, os norte-americanos passaram vexame ao ficarem de fora até da repescagem.

A última vaga ficou com o Panamá que conquistou a vaga inédita com gol aos 43 minutos do segundo tempo na vitória de 2 a 1 sobre a Costa Rica. Já o lugar na repescagem é de Honduras que venceu de virada o México por 3 a 2.

África – Egito e Nigéria classificados

Nigéria e Egito são as únicas seleções classificadas com antecedência e a última rodada acontece em novembro. No Grupo A, Tunísia precisa de apenas um empate contra a lanterna Líbia para se classificar. No Grupo C, Costa do Marfim e Marrocos fazem confronto direto para definir o classificado e a vantagem do empate é da equipe marroquina.

Já no Grupo C, a situação ainda está embolada entre Senegal, África do Sul, Burkina Faso e Cabo Verde. A vantagem é dos senegaleses que lideram com oito pontos e ainda jogam duas vezes. O jogo contra a África do Sul do turno foi anulado por suspeita de manipulação de resultados.

Ásia – Arábia Saudita, Coreia do Sul, Irã e Japão classificados; Austrália na repescagem

Os quatro classificados na Ásia já estão definidos com a novidade sendo a Arábia Saudita que ‘empurrou’ a Austrália para a primeira repescagem contra a Síria. O confronto foi emocionante com vitória dos australianos somente na prorrogação por 2 a 1.

Repescagem

Os dois confrontos da repescagem serão entre Nova Zelândia x Peru e Honduras x Austrália. Os jogos de ida serão na Oceania e na América do Sul, respectivamente, e acontecerão no mês de novembro.

Cabeças de chave

Os jogos de outubro também serviram para definir os oito cabeças de chave da Copa do Mundo. Além da Rússia, Alemanha, Brasil, Portugal, Argentina, Bélgica, Polônia e França serão os primeiros sorteados de cada chave.