O ex-técnico da Seleção Brasileira Zagallo remexeu o baú do passado e trouxe à tona um caso que já vai completar 13 anos em 2011. Em entrevista ao canal Sportv, Zagallo acusou o eterno camisa 11 Romário de ter fingido uma lesão às vesperas da goleada canarinha por 7 a 0 sobre o Peru na Copa América de 1997. Na ocasião o Velho Lobo disse, entre gritos, a frase que o tornou célebre: “vocês vão ter que me engolir”.

Agência O Globo
“Vocês vão ter que me engolir” virou o bordão de Zagallo

“Quando coloquei o Edmundo para jogar, aí, na primeira bola que o Romário recebeu em profundidade, ele sentiu como se fosse uma fisgada, sendo que três dias depois jogaríamos a final em La Paz. (…) Tive a convicção de que ele forjou uma contusão. No terceiro dia de treino, eu não entendi, ele não poderia dar aqueles piques. Pensei comigo, ele não vai jogar, está fora”, cogitou o ex-técnico, que prontamente recebeu a resposta do Baixinho.

“Nunca forjei lesão, por isso eu fui o Romário. O Zagallo sempre teve isso comigo. Perdi a Copa América por causa dele, uma Olimpíada, uma Copa do Mundo, sempre com Zagallo, o Américo Faria e o Lídio Toledo”, afirmou Romário. “Eu realmente não tinha condição. (…) Ele sempre me engoliu, sempre teve que me aturar. Na hora de decidir eu decidia. Em 1994, ele veio me agradecer depois, e disse que depois do Pelé eu era o melhor. Eles não têm personalidade, por isso não afirmam isso”, alfinetou.