Depois de 16 meses afastado do MMA em virtude de uma lesão no ligamento cruzado no joelho, o curitibano Wanderlei Silva voltou ontem ao octógono na noite deste sábado, mas seu retorno foi decepcionante para os torcedores presentes no estádio, em Las Vegas. O “Cachorro Louco” foi nocauteado em apenas 27 segundos pelo americano Chris Leben, no UFC 132.

Leben foi perfeito na luta e partiu pra cima de Wanderlei logo no início do duelo. O curitibano até tentou acertar alguns golpes, mas o americano logo acertou um cruzado de esquerda, que deixou o “Cachorro Louco” no chão. E aí Leben apenas acertou mais alguns golpes e conseguiu nocautear o adversário com 27 segundos de luta. Após a derrota, Wanderlei Silva se desculpou em sua página pessoal no twitter: “Desculpa, minha galera”, escreveu o lutador, que hoje completa 36 anos.

UFC 132
Sábado, 2 de julho de 2011
MGM Grand Arena – Las Vegas (EUA)

Card preliminar

Jeff Hougland venceu Donny Walker na decisão unânime dos árbitros
Anthony Njokuani venceu Andre Winner na decisão unânime dos árbitros
Aaron Simpson venceu Brad Tavares na decisão unânime dos árbitros
Brian Bowles venceu Takeya Mizugaki na decisão unânime dos árbitros
Rafael dos Anjos nocauteou George Sotiropoulous (soco) aos 59 segundos do 1rd
Melvin Guillard nocauteou Shane Roller (soco) aos 2:12 do 1rd

Card principal

Carlos Condit venceu Dong Hyun Kim por nocaute técnico (joelhada e socos) com 2:58 do 1rd
Tito Ortiz finalizou Ryan Bader com uma guilhotina a 1:56 do 1rd
Dennis Siver venceu Matt Wiman na decisão unânime dos árbitros
Chris Leben nocauteou Wanderlei Silva com 27 segundos do 1rd
Dominick Cruz venceu Urijah Faber na decisão unânime dos árbitros e manteve o cinturão do peso galo