O técnico Geninho comandou, na manhã de hoje, no CT do Caju, o último treinamento do Atlético antes da partida de amanhã, contra o Roma Apucarana, no norte do estado. Agora à tarde, a delegação rubro-negra segue para Apucarana com algumas mudanças no time que vai entrar em campo.

O lateral direito Wagner Diniz ganha nova oportunidade na equipe e começará jogando. Com isso, Geninho deixa de improvisar Manoel no setor e coloca o zagueiro para jogar em sua posição de origem. Outra mudança é na própria zaga rubro-negra. O treinador optou por adotar o esquema 3-5-2, e promove a estreia de Dalton na defesa, jogando ao lado de Flávio e Manoel.

No meio-campo, Geninho escala apenas Robston de volante e deixa Alê como opção no banco de reservas. Dessa forma, Kleberson acabou não sendo nem relacionado para o jogo e não viaja à Apucaranana. A dupla de ataque segue sendo formada por Guerrón e Nieto, com Paulo Baier e Madson responsáveis pela armação de jogadas.

Lembrando que Lucas, Rafael Santos, Héverton e Héracles seguem entregues ao Departamento Médico, o Atlético vai ao norte do estado tentar a reabilitação no Campeonato Paranaense coma seguinte formação: Renan Rocha, Manoel, Dalton e Flávio; WagnerDiniz, Robston, Paulo Baier, Madson e Paulinho; Guerron e Nieto.

“Estou feliz por estrear pelo Atlético e sabemos que a situação está difícil. No último jogo o time jogou bem, criou oportunidades, mas o resultado não veio. Agora é buscar a vitória para voltar a tranqüilidade. Espero apenas ganhar entrosamento com os companheiros. (Nesse início) vai ser na conversa já que tivemos pouco tempo para treinar. No Fluminense joguei a maior parte do tempo como líbero”, disse Dalton.