Parece história para deixar os ânimos mais calmos antes da partida, mas o Coritiba realmente está pregando humildade e respeito ao Ypiranga, equipe que enfrenta nesta quinta pela Copa do Brasil.

É assim que Léo Gago passa os assuntos mais discutidos internamente. “Futebol é bom por isso, porque nem sempre o melhor vence. Esperamos estar em um dia muito inspirado e a gente tem que respeitar também a equipe deles porque o Ypiranga é um grande time”.

Mas respeito não quer dizer que o time coxa-branca vá recuar em campo. Em casa, a missão é partir pra cima do adversário para ir em busca do resultado. “O Marcelo pediu pra gente não deixar ninguém jogar para manter a invencibilidade dentro do Couto”, conta. “Esperamos fazer um bom jogo e sair com um resultado positivo porque vai ser importante pra gente, até porque sabemos que é o caminho mais fácil pra Libertadores”, complementa o atleta.

Só que futebol é imprevisível e, mesmo com a vantagem, o Coxa precisa estar preparado para encarar qualquer situação, até mesmo uma disputa nos pênaltis. “Sempre tem que respeitar e temos que estar prevenidos para tudo”, explica Léo Gago, que participou da atividade comandada por Marcelo Oliveira nesta terça, incluindo cobranças de falta e penalidades.