Destaque da vitória tricolor sobre o Iraty, por 1 a 0, o meia Douglas Packer saiu de campo com os méritos de uma boa apresentação na Vila Capanema. O jogador destacou a força do adversário e a dificuldade que o time deve enfrentar para vencer as duas últimas partidas que tem pela frente até o fim do campeonato.

“Encontramos mais dificuldades do que imaginamos porque não soubemos concluir”, analisou o meia. “No segundo tempo, o time também foi infeliz na finalização, mas mantemos a tranquilidade porque sabemos que o Paraná é time grande, time de camisa”, emendou.

Packer chegou como uma grande contratação para a temporada do Paraná, mas no início chegou a ser questionado pela inconstância das apresentações. Com o passar do tempo, o meia foi adquirindo ritmo de jogo e já é referência na meia cancha do grupo. “Eu vinha de um período sem jogar, não tava me encontrando dentro do futebol brasileiro. Com os ritmos de jogo eu podia encontrar a readaptação”, frisou o jogador, que atuou 6 anos na Europa.

A gravidade da situação do Tricolor deve ensinar muito para todos os jogadores, segundo Packer. Para ele, cada jogo ensina uma lição nova, que deve influir no crescimento da equipe para a sequência de 2011. “Cada um vai ter uma experiência que vai levar para o resto de sua vida”, resumiu o meia.