Por João Pedro Alves

O empate com o Rio Branco deste final de semana parou o Paraná na tabela e ainda fez com que perdesse três atletas para a próxima rodada do Campeonato Paranaense, contra o Londrina. Não por lesão, mas por suspensão. São eles o lateral Toty, o zagueiro Júnior Lopes e o atacante Giancarlo, que receberam seus terceiros cartões amarelos e viraram desfalques para o técnico Milton Mendes.

O trio de baixas acabou com os planos paranistas de repetir a escalação de uma partida para a outra, algo que aconteceu apenas uma vez neste estadual. Justamente nos confrontos nos dois últimos jogos, contra Arapongas e o Leão da Estradinha.

Os substitutos só serão definidos nos treinamentos da semana, a partir de terça-feira (25), mas alguns jogadores saem na frente por uma vaga no time. Na lateral-direita, por exemplo, Gerônimo deve ganhar a camisa 2. Assim como Naylhor, considerado o titular da zaga, caso esteja recuperado de lesão e tenha condições de jogo.

No ataque é que a briga é mais intensa. Como Giancarlo é o único jogador com características de referência no elenco, Milton Mendes terá que mudar a forma de jogar do Tricolor ou adaptar alguém a esta função. Qualquer que seja a opção, ele tem à disposição nomes como Keno, Carlinhos, Paulo Roberto, Danilo Galvão e Léo para o ataque.

O jogo contra o Londrina, válido pela “rodada de carnaval” do Paranaense, está marcado para as 16h de sábado (1) no estádio do Café, em Londrina.