Vindo de três vitórias consecutivas, o Paraná foi a Salvador enfrentar o Vitória e acabou perdendo por 1 a 0, mesmo jogando com um atleta a mais durante quase todo o segundo tempo. Esta foi a primeira derrota do técnico Roberto Fonseca no comando do Tricolor.

Mesmo com a derrota no Barradão, o Paraná permanece no G4 da Série B, após sete rodadas disputadas no campeonato, mas agora caiu para a quarta colocação, com 14 pontos. Os três primeiros colocados (Portuguesa, Ponte Preta e Americana) venceram seus jogos e agoram possuem 17 pontos, três a mais que o Tricolor.

Primeiro tempo

Logo no primeiro lance da partida, o Tricolor quase abriu o placar: Wellington chutou de longe e Fernando fez grande defesa. O Paraná, mesmo jogando fora de casa, pressionava o Vitória e era quem mais criava jogadas perigosas de ataque. Aos 9 minutos, Wellington cobrou falta com categoria e Fernando fez mais uma boa defesa. A primeira boa oportunidade do time da casa foi aos 11 minutos:Nino cruzou, Zé Carlos tirou de soco, e no rebote, Marquinhos chutou por cima, com o goleiro paranista já no chão.

Aos 14 minutos, Marquinhos cabeceou para o fundo das redes, mas o gol baiano foi anulado. Aos 18, após cobrança de falta, Neto recebeu e bateu arrancando tinta da trave paranista. O tempo passava e o jogo seguia movimentado e disputado, com as duas equipes saíndo pro ataque, mas nesse momento era o Vitória quem pressionava. Aos 22 e aos 26 minutos, no entanto, Giancarlo perdeu duas boas chances de balançar as redes, ambos os chutes bem defendidos pelo goleiro Fernando.

Apesar do Tricolor marcar bem, era o Vitória quem criava as jogadas mais perigosas de ataque, enquanto o Paraná saía apenas em contra-ataques. Até que, aos 28 minutos, após cruzamento para a área,Amarildo furou, Cris fez a proteção, mas Zé Carlos demorou para sair do gol, e com essa falha geral da zaga paranista, Neto Baiano apenas empurrou para o gol: 1 a 0 Vitória. E a partida continuou movimentada até o fim do primeiro tempo, mas o Paraná já errava muitos passes e finalizações e não conseguiu o empate.

Segundo tempo

A etapa final mal tinha começado e o Vitória acabou tendo um jogador expulso. Aos 2 minutos, Alisson reclamou muito da marcação de uma falta para o Tricolor, recebeu o segundo amarelo e deixou o time da casa com 10 atletas em campo. Com um a mais, Roberto Fonseca mandou o Paraná pra cima do adversário, em busca do gol de empate, e o time tricolor de fato pressionava o adversário. Aos 18 minutos, Cambará arriscou de longe e Fernando fez grande defesa.

Aos 23 minutos, primeira jogada de ataque do Vitória no segundo tempo, em boa cabeçada de Neto Baiana. O tempo passava o Tricolor continuava buscando o gol de empate, enquanto o Vitória cadenciava o jogo, administrando a vitória conquistada até então. Aos 34, Lima cruzou para a área e Cris cabeceou arrancando tinta da trave adversária. Aos 40, após levantamento na área do Vitória, Cris cabeceou e Fernando segurou firme.

Aos 42 minutos, Oliveira cometeu falta dura, recebeu o cartão vermelho direto e deixou as duas equipes com 10 jogadores em campo. O Tricolor pressionava, buscava o primeiro gol a todo instante, mas o Vitória se defendia bem, e dessa forma, conseguiu segurar a vitória por 1 a 0 até o apito final.