O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-PR) confirmou para o dia 22 de setembro, o julgamento do caso Rio Branco, que escalou o jogador Adriano de forma irregular em seis partidas do Campeonato Paranaense 2011. Caso o TJD-PR retire os pontos da equipe do Litoral, o Paraná Clube se livra do descenso no Campeonato Estadual.

No primeiro julgamento no TJD-PR, o Rio Branco foi punido com uma multa de R$ 27 mil. A procuradoria e o Paraná Clube recorreram da decisão ao STJD, que julgou que o caso deveria voltar ao TJD-PR, pois o Paraná Clube não foi autorizado a se defender com terceiro interessado.