Para a diretoria, o título antecipado do primeiro turno do estadual tem gosto de redenção. Pelo histórico recente de sofrimento, o Coxa volta em alto estilo e tem reconquistado sua posição de destaque no futebol paranaense e nacional. “O trabalho somos todos nós, nos reestruturamos e conquistamos, mas o que mais nos deixa feliz não é só a conquista, mas a demostração de como o time tá jogando”, disse o vice-presidente de futebol, Vilson Ribeiro.

“A responsabilidade, o comprometimento. Por isso 90% dos nossos jogadores tem 3 anos de contrato conosco. Queríamos um time competitivo, um projeto para esses jogadores e eles entenderam”, afirmou, satisfeito com o planejamento bem-sucedido do clube na temporada. “Estamos trabalhando em cima de um projeto, tendo todo o respaldo para contratar. temos também um grupo de profissionais de alto nível na parte técnica”, destacou o dirigente.

Para ele, o Coxa está no caminho certo para retomar um lugar de destaque no futebol nacional. “A vivência nos dá força, tranquilidade e bem-estar. Estamos buscando vagarosanemte, colocar o Coritiba no lugar que ele merece. Nos doamos para reconquistar o trajeto da vitória”, garantiu Ribeiro.

Para o dirigente alviverde, José Fernando Macedo, o momento é de declarações para o time do coração. “O nosso trabalho é só pra fazer a torcida sorrir. Nós trabalhamos e fazemos isso por paixão. Sou médico, estou envolvido na minha área, mas o coxa é uma paixão”, disse Macedo. O dirigente contou que assistiu à partida em companhia do novo reforço do Coxa, o meia Everton Ribeiro, ex-Corinthians, que deve ser apresentado nesta terça-feira (22) e fechar por dois ou três anos com o clube. “Ele assistiu e vibrou com o Coxa hoje”, finalizou.