Um novo esporte vem ganhando espaço em Curitiba, chamado Street Luge, uma das modalidades do skate Downhill, em que é usado um trenó, parecido com o que é usado nas olimpíadas de inverno nas pistas, mas para andar na rua.

Em entrevista com o presidente da SLAC, Jonathan Ogralha e o vice-presidente, percursor do esporte na cidade, Mario Jardim, falaram sobre o esporte. “O Street Luge não é nada mais, nada menos, do que o trenó que é usado nas olimpíadas de inverno. Os atletas, antigamente, descobriram que descer uma ladeira de skate, deitados, dava muito mais velocidade, e com isso, acharam uma semelhança com o Luge do gelo, daí adaptaram para as ruas”, disse o presidente Jonathan Ogralha.

O pioneiro do Street Luge em Curitiba, Mario Jardim, vice-presidente da associação do esporte, disse que conheceu o esporte no Rio de Janeiro. “Eu já andava de carrinho de rolimã, mas o esporte não evoluia e em 2001 uma marca famosa de energéticos fez um evento sobre o Street Luge no Rio, eu fui para lá e vi que aquele era o meu esporte. Quando eu voltei para Curitiba, eu comecei a modelar o meu Street Luge e aos poucos foi evoluindo”, contou Mario.

Questionados sobre as mulheres neste esporte, eles garantiram existir, mas poucas por enquanto. “Aqui no Brasil tem uma menina de 13 anos, filha de um amigo nosso, que pratica, e fora do Brasil existem várias mulheres, inclusive existem competições femininas. Nos Estados Unidos, tinha uma mulher que competia até junto com os homens”, finalizou o vice-presidente.