Desde que voltei do Grêmio para jogar no Coxa em 89, que falo a mesma coisa.
Falta para nós, curitibanos e paranaenses, ACREDITAR mais.
Tomando como exemplo os gaúchos, em alguns anos, Paraná, Coritiba e Atlético estiveram muito melhor que Grêmio e/ou Inter. Mas se questionados nesse momento, os gaúchos sempre diriam que acreditavam num dos títulos nacionais.
No mesmo período, mesmo que com times até melhores, se perguntados, nós curitibanos diríamos que é muito difícil, que os outros do eixo Rio/SP são mais fortes, ou outra desculpa qualquer.
A diferença está no acreditar. Enquanto não existir esse sentimento na comunidade, não se pode exigir que os dirigentes, que nada mais são do que torcedores com cargos nos clubes, pensem assim.
Falta uma campanha entre nós curitibanos, similar ao do MKT do Obama:
Sim, nós podemos!!!
Isso não é só no torcedor, é no dirigente, em nós da imprensa, na comunidade em geral.
Digo de cadeira: Não devemos nada, pelo menos aos gaúchos.
Basta acreditar.
Coritiba, Atlético e Paraná (que já foi e pode voltar a ser) são muito maiores, ou pelo menos iguais a Onze Caldas, Atlético Nacional, Olímpia, etc…
O Atlético pode, e deve, acreditar que o título da Libertadores é possível.
O Paraná Clube pode voltar à Série A agora em 2017. E até conquistar a Série B novamente.
O Coritiba pode brigar por uma a vaga na Libertadores e até pelo título do Brasileirão.
Demanda muita luta, muito suor. É muito complicado e difícil. Mas é possível.
Eu acredito nisso!!!