Os reforços do Paraná Clube já estão a postos para ajudar o time a conquistar a primeira vitória no estadual. Em casa, o Tricolor aposta todas as fichas para vencer o Cascavel, penúltimo colocado do Paranaense, na partida que acontece neste domingo (27), às 16h, na Vila Capanema.

Recém chegados, alguns reforços já estão regularizados e estão à disposição do técnico Ricardo Pinto. Entre eles, o atacante Léo e o volante Maycon, que vieram do time B do Internacional. Outra novidade é a entrada do zagueiro Luciano Castá, que irá substituir Rafael Vaz, suspenso.

“Ansiedade sempre tem, mas na hora que o juiz apita você já toca na bola e a adrenalina do jogo entra”, disse o estreante. ” O nosso grupo é jovem. Garoto conhece garoto e isso é bom, a gente conhece e sabe como é. Tivemos uma vitória contra o Gurupi, que nos dá confiança pra entrar em campo e tentar mais uma vitória diante da nossa torcida”, citou Castán.

Cobrança por gols
Com6 gols marcados em dez rodadas, o Paraná tem o pior ataque do estadual. Entre os mais cobrados pela torcida está Renato, que não tem acertado e o pé, mas garante que está firme nos treinamentos. “A gente tem que estar treinando. Todo atacante tem que estar pronto pra fazer gol. Agora é trabalhar pra gente buscar a primeira vitória no estadual”, afirmou o atacante, que vai fazer a dupla de ataque com Kelvin na partida de domingo.

Animado com a evolução do time, Renato baseia o discurso na cautela. ” O time melhorou, a gente tá trabalhando a bola, que tá chegando mais no ataque. A alegria voltou à Vila. Só que não tem nada ganho, temos que melhorar bastante”, ressaltou.