Depois de passar a semana inteira em silêncio, enfim o técnico Ricardo Pinto conversou com a imprensa após comandar treinamento pela manhã. E o treinador confirmou que houve uma conversa com a diretoria do Paraná, onde os dirigentes sondaram se Ricardo estaria disposto a assumir outra função dentro do clube.

Mas Ricardo Pinto foi taxativo ao afirmar que não tem interesse de assumir outro cargo e que só fica no Paraná se for para ser treinador mesmo. Além disso, ele garantiu que a diretoria do clube vai lutar para que o Rio Branco seja punido no TJD-PR pela escalação de um jogador irregular no estadual, fazendo com que o clube de Paranaguá perca pontos no campeonato e seja rebaixado no lugar do Tricolor.

“Nós temos que dar condição ao departamento jurídico para brigar por nós, pelo Paraná. Vamos a Cascavel com muita seriedade para buscar a vitória e os pontos necessários pra caso alguém seja punido, a gente possa ficar na primeira divisão. Vamos dar nossa vida lá”, disse o treinador, focando em uma vitória no jogo de amanhã, no oeste do estado.

Ricardo Pinto disse ainda que não está envergonhado pelo trabalho que tem feito no Paraná: “Eu fico satisfeito pelo aproveitamento, mas podia ter sido melhor. Não me arrependo de nada aqui, estou dando meu máximo. Vou pra esse jogo com o espírito forte. Um detalhe criou toda essa confusão, a gente lamenta muito as oportunidades perdidas contra o Arapongas. Enquanto houver esperança, vamos lutar e por isso queremos vencer o Cascavel”.