A boa fase é base comum para os dois times que fazem o clássico Paratiba, neste domingo, às 18h30, no Couto Pereira. E se o discurso é de confiança aliada ao respeito ao adversário, a experiência pode fazer toda a diferença em campo. O capitão e zagueiro do Coritiba, Jeci, ressalta o entrosamento do grupo como fator chave para a invencibilidade alviverde.

“O Coritiba montou um elenco extraordinário e tem tudo para conseguir o título, com todo o respeito ao adversário. Como falei em Foz, o Coritiba estava um passo à frente por ter mantido o elenco e os números mostram isso”, cravou.

A história, porém, pode ser diferente neste domingo. Embalado por quatro vitórias, o Paraná parece ter deixado a má fase para trás e, na Vila Capanema, já se fala em liderança e classificação para a final do campeonato. “Temos que entrar atentos para não sermos surpreendidos. Eles têm um ataque veloz e evoluíram bastante, então temos que ter cuidado. Estamos jogando em casa e vamos jogar para vencer, com todo o respeito”, avisou Jeci.

Depois de passar por um longo período de recuperação, o zagueiro atuou no último triunfo do Coxa sobre o Paranavaí e mostrou que está 100% outra vez. “Tenho que agradecer ao pessoal da fisioterapia e também o lado psicológico que abala muito”, disse. O grupo do Coritiba é muito forte, tem que ser campeão por tudo que fez e vem fazendo no campeonato”, ressaltou.