Da Redação

Apesar da grande decisão já ser entre dois times do norte do estado, o Campeonato Paranaense deste ano não deixou de ter a chamada Final do Interior para coroar o representante de fora da capital com melhor campanha. Nesta centésima edição do estadual, o título ficou com o “caçula” Prudentópolis. Depois de sair em vantagem com um 2 a 1 no primeiro jogo, o Tigre venceu o Rio Branco por 1 a 0 na noite deste sábado (12) em casa, no estádio Newton Agibert, para levar a taça e o prêmio de R$ 50 mil.

Diante de um público de pouco mais de mil pessoas, a “decisão caipira” começou equilibrada e isso se refletiu no placar fechado durante toda a primeira etapa. O Leão da Estradinha era quem precisava fazer o resultado, mas foi o Prude quem balançou as redes. O primeiro e único gol do duelo saiu aos 21 minutos do segundo tempo, quando Thiago Henrique aproveitou o cruzamento na área e mandou para dentro. O time parnanguara até foi para cima depois disso, mas não conseguiu reverter a situação.

A conquista do Prudentópolis pode ser considerada heroica devido às circunstâncias. A começar por ter acabado de deixar a Divisão de Acesso, assim como o finalista Maringá, e ter feito uma campanha digna deste título. Depois, por ter se classificado para o mata-mata do estadual já na “bacia das almas”, com um gol aos 42 minutos do segundo tempo na última partida da primeira fase, contra o Cianorte.