Após a derrota dentro do Couto Pereira para o São Paulo por 4 a 3, o Coritiba volta suas atenções para a próxima rodada do Brasileirão no domingo (31) contra o América-MG, em Sete Lagoas, às 18h30. O confronto coloca frente a frente as duas equipes com mais cartões dentro da competição.

A expulsão de Davi e os amarelos para Rafinha, Maranhão, Jonas e para o próprio Davi na última partida somam para o Coritiba o total de 37 cartões neste Campeonato Brasileiro (34 amarelos e 3 vermelhos). O Coxa está empatado com o Avaí em número de cartões e atrás apenas do próximo adversário, o América-MG, para quem os árbitros já mostraram cartões 40 vezes.

Nas duas últimas partidas foram duas expulsões, Leandro Donizete desfalcou o Coxa diante do São Paulo e, agora, Davi desfalca o Coxa para a próxima rodada. Antes deles, Emerson foi expulso na derrota por 3 a 1 para o Botafogo. Em números de expulsões, o Verdão empata com os mineiros América e Atlético, e perde apenas para o Grêmio, que teve quatro cartões vermelhos em 11 jogos.

Os números de indisciplina do Coritiba são justificados pela marcação da equipe. O time comandado por Marcelo Oliveira tem a maior média de faltas cometidas do Brasileirão com 21,8 faltas por jogo.

No Verdão, o zagueiro Pereira e o volante Willian, ambos com quatro cartões amarelos, são os mais indisciplinados. Para a partida contra o América-MG, na Arena do Jacaré, Maranhão, Rafinha e Jonas estão pendurados com dois amarelos e correm o risco de desfalcar o Coxa na partida da próxima semana contra o Palmeiras, no Couto Pereira.