A rivalidade da dupla Atletiba não se restringe às quatro linhas. Depois do anúncio do vice-presidente do Coxa, Vilson Ribeiro de Andrade, de que o número de sócios do Aliviverde ultrapassou os associados do rival Rubro-negro, o Atlético respondeu com o mandatário do Conselho Deliberativo do clube, Gláucio Geara. Para ele, o Furacão se mantém na dianteira, se consideradas as proporções do estádio atleticano comparado ao tamannho do Couto Pereira.

Para Geara, o Furacão está em vantagem porque toda a capacidade da Arena da Baixada que é de 25 mil torcedores é tomada por sócios. Do lado coxa-branca, o estádio pode receber 37 mil torcedores enquanto o número de sócios-torcedores chega a 24 mil, segundo o anúncio dessa semana. A justificativa do dirigente rubro-negro é de que o Atlético é obrigado a deixar 10% da capacidade da Arena para a torcida adversária e, por isso, não pode vender as cadeiras desse setor e alcançar a marca alviverde.