Por João Pedro Alves e Monique Vilela

Rivais em campo, Atlético e Paraná se uniram nos bastidores e conseguiram na tarde desta quinta-feira (13) que os clássicos válidos pelas quartas de final do Campeonato Paranaense sejam realizados com torcida única. Tudo prezando pela segurança do espetáculo. A decisão da Federação Paranaense de Futebol (FPF) pode ir contra o espírito do futebol, mas para o presidente paranista Rubens Bohlen foi o melhor que poderia ser feito.

(Foto: Divulgação/Paraná)

Bohlen é favorável à decisão, apesar de ser algo contra o futebol (Foto: Divulgação/Paraná)

A aprovação do mandatário, um dos responsáveis por articular a mudança, acontece pelo fator Ecoestádio Janguito Malucelli. Mais precisamente por ser um estádio pequeno, para apenas 3,1 mil pessoas, e que não seria a melhor opção em termos de segurança para receber um duelo entre dois dos maiores clubes do estado.

“Tive a oportunidade de falar com o presidente do Atlético e ele foi favorável a isso (torcida única). Então nada mais nos restou do que levar isso à Federação, que acatou o nosso pedido. Prevaleceu o bom senso. Nós estamos mantendo a integridade dos nossos torcedores, pois esse é um jogo de risco e aquele estádio é perigoso para um clássico”, destacou Bohlen em entrevista à Banda B.

A essa conclusão já havia chego a Polícia Militar do Paraná (PM-PR) no início da semana, ao vetar o Ecoestáio para o clássico devido à falta de condições de receber um jogo como esse. Os motivos apresentados foram a baixa capacidade de público, o alto fluxo de carros na rodovia que passa ao lado do estádio e o fato de estar localizado nas imediações do Parque Barigui e de um shopping, o que já causa grande movimentação na região.

Mesmo favorável à medida extrema que teve que ser tomada, Rubens Bohlen lembrou que não era o que deveria acontecer. É um golpe naquilo que o futebol prega. “O ideal era que fosse com duas torcidas, mas temos que priorizar a segurança dos torcedores”, lamentou.

O primeiro encontro entre Atlético e Paraná pelo mata-mata do estadual está marcado para as 18h30 de domingo  no Ecoestádio, apenas com torcedores rubro-negros. O jogo da volta acontece no fim de semana seguinte, desta vez na Vila Capanema e apenas com a torcida tricolor.

Notícias relacionadas:

Clubes pedem e clássicos entre Atlético e Paraná serão disputados com torcida única