Por João Pedro Alves

O Paraná não conta mais com os trabalhos de Darlan Schneider na preparação física do elenco desde o início da semana. Nesta quarta-feira (5), o clube anunciou que o profissional pediu afastamento para resolver problemas pessoais na cidade onde mora, Passo Fundo-RS, e não faz mais parte da comissão técnica paranista para a sequência da temporada.

Apesar de ser um nome por vezes desconhecido da torcida, o agora ex-tricolor conta com um histórico vitorioso no futebol. Ele já trabalhou, por exemplo, com o técnico Luiz Felipe Scolari tanto na Seleção Brasileira quanto na Seleção Portuguesa e ainda no poderoso Chelsea, da Inglaterra.

Sem Darlan, que chegou à Vila Capanema no final do ano passado acompanhando o técnico Milton Mendes, quem assume a preparação física do Tricolor é o auxiliar Gustavo Gomes. Essa deve ser uma medida temporária até que a diretoria contrate um substituto efetivo.

Para a partida desta quarta-feira contra o Toledo, marcada para as 21h50 no estádio 14 de Dezembro, já é Gustavo Gomes quem compõe o staff paranista no banco de reservas.