Depois de algumas partidas de jejum, o meia Paulo Baier enfim voltou a balançar as redes na noite desta quarta-feira, diante do Roma Apucarana. De pênalti e em uma bela cobrança de falta, já no segundo tempo do jogo, o maestro atleticano chegou a dez gols no Paranaense e assumiu assim a artilharia isolada do campeonato. Atrás de Paulo Baier, tem Bill, Davi e Marcos Aurélio, do Coritiba, todos com oito gols.

O gol de falta que Baier marcou aos 44 minutos do segundo tempo salvou o Furacão de mais um vexame no estadual. O Atlético ia vencendo o Roma por 2 a 0, mas permitiu que o time do interior empatasse em dois minutos. Mas o maestro balançou as redes e marcou o terceiro tento rubro-negro, garantindo os três pontos à sua equipe, que novamente não fez uma boa partida.

Já o atacante Guerrón, que abriu o placar do jogo em Apucarana aos sete minutos, marcou um dos gols mais bonitos do campeonato até aqui – o quarto dele com a camisa rubro-negra no estadual. Na temporada 2011, Guerrón já marcou cinco gols pelo Furacão.

Flávio

O zagueiro Flávio viveu uma situação curiosa nesta noite, em Apucarana. Logo aos sete segundos de jogo, ele cometeu uma dura falta em um adversário e recebeu o primeiro amarelo da partida. Aos 25 minutos do segundo tempo, Flávio cometeu outra falta e foi expulso de campo, deixando o Atlético com menos um atleta em campo.