Com a experiência de quem participou de oito Copas do Mundo, o técnico tetracampeão de futebol com a Seleção Brasileira em 1994, Carlos Alberto Parreira, disse que Curitiba está estruturada e preparada para receber o mundial em 2014.

“Curitiba é uma cidade que respira futebol. A cidade é bem estruturada e está preparada para receber qualquer seleção de ponta durante o mundial”, disse Parreira, organizador do Footecon – Fórum Internacional de Futebol, que teve a capital paranaense como a primeira entre as 12 cidades-sedes a receber o evento nesta semana.

A afirmação do ex-técnico da Seleção foi na semana em que Curitiba vai autorizar o início de duas importantes obras de Mobilidade do PAC da Copa: o viaduto estaiado, na Avenida das Torres com a Francisco H. dos Santos e a trincheira da Guabirotuba, que formará o binário com a rua Chile, que tem uma nova trincheira já em funcionamento.

Foi por decisão de Parreira que Curitiba foi a primeira entre as demais que serão sedes de jogos da Copa a receber o Footecon, o maior fórum de futebol do país. segundo Parreira, pelo fato de ser uma cidade estratégica com destaque na Região Sul. “Por conta disso, decidimos começar a versão compacta do evento por aqui”, disse o treinador.

Obras da Copa – No fórum, o secretário Luiz de Carvalho ressaltou que, além das obras que compõem o Programa de Aceleração do Crescimento, do Governo Federal (PAC da Copa), com recursos da ordem de R$ 298,6 milhões, Curitiba conta ainda outros investimentos em mobilidade urbana financiados com recursos próprios do município e em parceria com o Governo do Estado, BancoInteramericano de Desenvolvimento (BID) e da Agência Francesa de Desenvolvimento, formando um verdadeiro “PAC de Curitiba”.

Entre as obras que fazem parte do pacote local de investimentos para a Copa do Mundo 2014, algumas já foram entregues, como as trincheiras da Chile e do Bacacheri/Bairro Alto. Outras estão em andamento, como a Linha Verde Norte, o Anel Viário e programadas como a trincheira da Rua Guabirotuba, que formará o binário com a Chile por baixo do corredor Aeroporto-Rodoferroviária.

Outra obra pronta é a Avenida Toaldo Túlio, completamente refeita com novo asfalto, iluminação, calçadas e ciclovia. Juntamente com a Fredolin Wolf, que está com 70% das obras concluídas, formará uma nova ligação viária entre a BR 277/Santa Felicidade e os parques Tingui, Tanguá e Ópera do Arame.