No confronto dos rebaixados, o Paraná Clube venceu o Cascavel de virada por 2 a 1. Em um primeiro tempo de poucas oportunidades, os dois times não pareciam ter o objetivo da vitória. Na etapa complementar, porém, a Serpente voltou com tudo, abriu o placar, mas viu um Tricolor mais disposto e ofensivo em campo, mesmo com um jogador a menos (Defendi foi expulso aos 28′). O resultado não recuperou, mas salvou o time de um vexame no encerramento do estadual.

Sem pretensões

Depois de ser rebaixado e fazer uma verdadeira limpa no elenco, o Cascavel fez o encerramento do Paranaense com apenas dois jogadores no banco de reservas. E já no primeiro minuto de jogo, um dos atletas da Serpente precisou receber atendimento médico no gramado e preocupou a comissão técnica.

Entre um início com chances para as duas equipes, os goleiros se sobressaíram e tiveram que mostrar serviço. Mesmo com maior posse de bola, o Tricolor não era objetivo, não assustou o time da casa e o jogo seguia sem pretensões dos dois lados. Nos minutos finais, porém, Léo e Packer levaram perigo à meta de Gustavo e quase abriram o placar. O Cascavel ainda teve um gol anulado por impedimento do ataque, pouco antes do árbitro apontar o fim do primeiro tempo.

Tempo de gols e Paraná no ataque

O Cascavel voltou ofensivo e disposto a resolver o jogo. Aos 8, Jean bateu de longe e Thiago Rodrigues aceitou e em uma falha grotesca, deixou a bola escapar pro fundo das redes. O gol trouxe vida ao Tricolor, que respondeu no chute perigoso de Léo. O empate paranista veio aos 30, pouco depois que Rodrigo Defendi recebeu o vermelho e foi expulso de campo. Com um jogador a menos, o Paraná Clube partiu pro ataque em busca da vitória e passou a marcar a Serpente no seu campo de ataque.

Nos minutos finais de jogo, a postura do time comandado por Ricardo Pinto foi mais ofensiva que em toda a partida no noroeste do estado. E a garra terminou em virada para o Tricolor: no apagar das luzes, Rafael Vaz aproveitou o escanteio cobrado por Henrique para subir mais que a zaga do Cascavel e selar o encerramento do Paranaense com vitória.