O dia 23 de fevereiro de 2011 vai ficar marcado na história do Tricolor. Foi nesta data que o time reencontrou a vitória na primeira partida oficial do ano, ao bater o Gurupi-TO por 3 a 0, na Vila Capanema. E a recompensa não poderia ser melhor: o resultado garante o Paraná na próxima fase da Copa do Brasil e acaba com um jejum de dez jogos sem nenhum triunfo. Na estreia de Ricardo PInto no comando, Renato, Kelvin e Douglas Packer deixaram seus gols e deram números ao placar.

A última vitória do time da Vila aconteceu em 13 de novembro do ano passado, quando o time passou pelo ASA-AL, pelo Campeonato Brasileiro da Série B. Desde então, uma sucessão de derrotas, crises internas e a demissão do ex-treinador Roberto Cavalo, fizeram parte do cotidiano do time, que deve usar a vitória como motivação para tentar reverter a má fase no Paranaense.

Jogo morno e poucas oportunidades
O Paraná começou no ataque com Diego, que chutou cruzado para a defesa de Santos, aos 6 minutos. O nervosismo era grande e os erros de passe impediam o time de chegar com mais perigo à meta do Gurupi. O time de Tocantins respondeu com Willian, que chutou e a bola passou muito perto do gol de Thiago. Packer era a liga entre o meio-campo e a pequena área, mas errou e não conseguia acertar o pé. Aos 13, o meia recebeu sozinho e chutou por cima da meta de Santos.

Kelvin teve uma boa oportunidade de abrir o placar depois da cabeçada, tirada em cima da linha por Willian, aos 20. A insistência do Paraná deu resultado: Aos 26, Diego se mandou pela esquerda em grande jogada e cruzou na cabeça de Renato, que mandou pro fundo das redes e colocou o Paraná em vantagem na Vila Capanema. O gol organizou o Tricolor, que, pouco depois, ainda teve uma bola na trave no chute de Douglas Packer e o primeiro tempo terminou com o placar de 1 a 0.

Sorte e finalizações
A segunda volta começou mais equilibrada, com as duas equipes se estudando mais antes de arriscar. O técnico estreante Ricardo Pinto optou pela saída de Luiz Camargo para a entrada de Borges. A falta de criatividade na meia-cancha trouxe sorte ao Paraná. Kelvin fez ótima jogada, invadiu a área e só foi parado depois da falta de Madeira. O atacante cobrou e a bola chegou a bater na trave, mas entrou para a alegria da torcida paranista, que via o time vencer a primeira partida oficial de 2011: Paraná 2 a 0.

Maicon passou por toda a defesa do Gurupi e também foi derrubado na área, mas o árbitro nada marcou. O Gurupi perdeu o fôlego e a única chance que teve foi tímida e aconteceu aos 35, em bola levantada na área que Thiago Rodrigues subiu para tirar de soco. Para lavar a alma na primeira vitória do ano, Douglas Packer, que não fez uma boa apresentação na partida, marcou o terceiro do Tricolor, aos 45 minutos e sacramentou a primeira vitória do Paraná Clube em 2011, além de confimar a classificação do time na próxima fase da Copa do Brasil.