Paraná Clube e Duque de Caxias fazem, no próximo sábado (02), às 16h20 na Vila Capanema, um confronto pautado pelos extremos. Bem colocado, o Tricolor tem retornos importantes como o do atacante Jefferson Maranhão, suspenso contra o Vitória e conta com o apoio do torcedor para tentar bater o lanterna carioca, que em oito rodadas ainda não conseguiu vencer nenuma partida do Brasileirão Série B.

A vantagem virtual, não existe na prática, pelo menos segundo a visão do atacante que volta ao time titular. “Temos que respeitar a outra equipe, pois a Série B é um torneio muito difícil”, afirma, deixando claro que o período suspenso foi de muito trabalho físico. “Ganhei força no arranque, velocidade. Foi boa, por um lado, essa parada. Fiz trabalhos físicos e, agora, é esperar o professor escalar a equipe”, apontou Maranhão.

Com tudo na parte física, o jogador conclama também a força que vem das arquibancadas. “Espero que façam o mesmo papel que tiveram contra o Icasa-CE, ou seja, lotar e fazer um belo espetáculo”, finalizou.