Após o empate de ontem em 1 a 1 diante do Cianorte, o técnico Ricardo Pinto admitiu que o Paraná não fez um bom primeiro tempo, mas destacou o espírito guerreiro da equipe, que estava perdendo e conseguiu voltar à Curitiba com um ponto na bagagem.

“O primeiro tempo foi razoável, nos jogamos e criamos algumas situações mas depois recuamos muito e demos campo para eles (Cianorte) jogarem.Depois ainda empatamos e éramos melhores mas a expulsão do Luciano Castán mudou completamente o panorama do jogo. Temos só de enaltecer o espírito guerreiro do grupo que conseguiu esse resultado que pode ser considerado bom para a gente”, disse o treinador.

Ele só reclamou do fato de ter acabado a luz no estádio Albino Turbay por cerca de 20 minutos, o que teria barrado uma possível reação do Tricolor na partida. “No segundo tempo o time voltou diferente mesmo levando o gol cedo mas aí acabou a luz, não consigo entender como isso ainda acontece no futebol”, afirmou.