Após a vitória suada por 3 a 1 em cima do Rio Branco, do Acre, e a conquista de uma vaga na segunda fase da Copa do Brasil, os jogadores atleticanos saíram de campo negando que tivessem levado sufoco do adversário de hoje, que ficou a um gol de eliminar o Furacão.

“Foram só bolas jogadas na área, sem perigo real. A defesa foi bem tirando as bolas e conseguimos a classificação”, disse o meia Paulo Baier. “O Rio Branco veio com tudo para cima, não tinha nada a perder. Tivemos a chance de matar o jogo, temos que aprender a fazer isso”, completou o volante Claiton, que entrou durante o segundo tempo.