O goleiro Fernando Prass, atualmente no Vasco, já sabe o que é jogar na Arena da Baixada há muito tempo. É porque ele atuou por muitos anos no Coritiba e admite que jogar no estádio rubro-negro não é fácil. Por isso ele quer que o Vasco vá pra cima do Atlético na partida de hoje, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

“Temos que ter muita atenção e não deixar eles fazerem valer o fator casa. É um estádio onde a torcida pressiona bastante, o campo é muito úmido, sempre escorregadio, e nós precisamos nos impor, assim como fizemos contra o Náutico, lá em Recife”, disse Fernando Prass, em entrevista ao portal UOL.

Além disso, o goleiro quer que o Vasco passe a pressão para cima do Atlético, fazendo a torcida rubro-negra jogar contra o próprio time: “Não dá para ter uma postura muito defensiva, até porque esse é o jeito que eles gostam de jogar. É preciso partir para cima, buscar um gol fora e passar a responsabilidade para o outro lado, fazendo com que a torcida pressione o time deles, e não o nosso”.