Neymar se manifestou nas redes sociais após a derrota para o PSG (Reprodução)

A acachapante derrota do Barcelona por 4 a 0 para o Paris Saint-Germain, na última terça-feira, na França, praticamente selou a eliminação do time espanhol da Liga dos Campeões da Europa, pois precisará de um triunfo por cinco gols de diferença no duelo de volta no Camp Nou, agendado para 8 de março, para avançar às quartas de final.

Nesta quinta-feira, em breve manifestação no seu perfil na rede social Instagram, Neymar reconheceu a dificuldade que o Barcelona terá para reverter a atual situação, mas tentou dar esperança ao torcedor do clube e aos seus fãs. “Enquanto houver 1% de chance, teremos 99% de fé”, escreveu.

O desafio imposto ao Barcelona realmente é grandioso, tanto que nunca um clube que perdeu o jogo de ida por 4 a 0 em uma competição europeia conseguiu reverter esse placar, algo que o próprio time catalão “sentiu na pele” nas semifinais da temporada 2012/2013 da Liga dos Campeões, quando levou 4 a 0 do Bayern em Munique e perdeu na volta, em casa, por 3 a 0.

O técnico Luis Enrique também reconheceu a dificuldade que o Barcelona terá para superar o PSG, mas acredita que a situação poderá ser diferente no Camp Nou. “Passou a metade da eliminatória. Será muito difícil, mas podemos sonhar com isso e em um cenário distinto”, disse. “Somos uma equipe que demonstrou ao longo das temporadas que sabemos fazer boas partidas, haverá poucas chances, mas as teremos”, acrescentou.

Além disso, Luis Enrique reconheceu que o PSG, que dominou o meio-de-campo e contou com uma inspirada atuação de Di María, mereceu conquistar a expressiva vitória. “O rival foi superior, ganhou quase todos os duelos e foi mais efetivo”, disse. “O resultado refletiu o que foi a partida”, acrescentou.

Abalado pela expressiva derrota, o Barcelona voltou a treinar nesta quarta-feira no seu CT. O time iniciou a preparação para o duelo o Leganés, no próximo domingo, pelo Camp Nou, pelo Campeonato Espanhol, com a expectativa de conseguir umas vitória para começar a recuperar a confiança e também para pressionar o líder Real Madrid, que tem um ponto de vantagem e dois jogos a menos.