Estadão-1-2-3-1-2-2-1

Fora da Copa América Centenário, Neymar esteve muito próximo da seleção brasileira, pois estava curtindo férias nos Estados Unidos. Curiosamente, o atacante do Barcelona desembarcou no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, na manhã desta terça-feira, pouco antes da chegada do avião que está trazendo alguns dos jogadores do time nacional, que foi eliminado pelo Peru no último domingo à noite, em Boston, e tinha desembarque previsto para acontecer às 11 horas.

A chegada do astro foi tumultuada. Acompanhado pelo seu pai, Neymar Santos, e de alguns amigos, ele veio de um voo que partiu de Las Vegas e desembarcou às 9h10, pelo terminal 2 do aeroporto Inicialmente, o voo no qual embarcaram alguns atletas da seleção brasileira estava previsto para chegar quase na mesma hora do voo que trouxe o atacante, mas acabou partindo com um pouco de atraso nos Estados Unidos.

Neymar causou polêmica após eliminação da seleção. (Divulgação/ CBF)

Neymar causou polêmica após eliminação da seleção. (Divulgação/ CBF)

No momento do desembarque de Neymar, houve uma confusão após pessoas que estavam no aeroporto terem conhecimento da chegada do jogador, que era aguardado por muitos jornalistas que pretendiam entrevistá-lo e também esperavam pela seleção brasileira. O craque, porém, evitou falar com a imprensa e isso provocou um tumulto, fato que obrigou seguranças particulares que acompanhavam o atleta e o escoltaram até a porta do local, onde um ônibus preto disponibilizado pela própria estrutura do aeroporto apanhou o astro e o levou embora.

Neymar usava boné, um capuz, óculos escuros e fones de ouvido durante o seu desembarque e agora ele deverá passar alguns dias de férias no Brasil antes de se reapresentar ao Barcelona. No noite do último domingo, após a eliminação da seleção da Copa América Centenário, o astro usou as redes sociais para comentar a queda da equipe nacional e manifestou apoio aos companheiros comandados por Dunga. Entretanto, causou polêmica ao proferir palavrões e prever críticas que seriam feitas à seleção por jornalistas.

“Ninguém sabe o que vocês sofrem pra estar aí e defender a seleção, vestir essa camisa é um orgulho e vocês fazem isso com amor. Agora vai aparecer um monte de babaca pra falar m…, f.. -se. Faz parte, futebol é isso. Sou brasileiro e estou fechado com vocês”, escreveu Neymar, em sua conta oficial no Instagram.

Neymar não participou da Copa América por causa de um acordo com o Barcelona para que tirasse férias e disputasse apenas os Jogos Olímpicos do Rio, em agosto. Durante o período de férias nos Estados Unidos, ele chegou a visitar a concentração da seleção brasileira e assistiu à partida contra o Equador no estádio do confronto ao lado cantor Justin Bieber, do ator Jamie Foxx e do piloto Lewis Hamilton.