Para impulsionar ainda mais o Furacão a enfrentar o vice-líder do Campeonato Brasileiro, Corinthians, a torcida rubro-negra organizou o já tradicional mosaico. Cerca de 23 mil painéis dispostos nas cadeiras formaram, durante a execução do hino nacional, a frase do hino do clube: “Rubro-negro é quem tem raça”.

Divulgação/Atlético Paranaense
“Rubro-negro é quem tem raça” foi o 18º mosaico formado pela torcida do Atlético

Essa foi a 18ª vez que o mosaico estampou as arquibancadas da Arena da Baixada. A primeira edição foi realizada na goleada por 4 a 2 sobre o São Paulo, pelo Brasileirão de 2005, quando a palavra CAP foi formada entre os torcedores. Uma das mais marcantes entre as 18 frases e figuras já formadas pelo mosaico foi realizada na partida contra o Palmeiras. Para protestar contra a atitude racista de Danilo, zagueiro do time paulista contra o zagueiro Manoel, a palavra escolhida pela torcida para ilustrar mosaico foi Respeito.

Confira a festa da torcida atleticana: